Museu dos Naufragos

UMA VIAGEM NA HISTÓRIA DE CABO VERDE NO CORAÇÃO DA BOAVISTA

O Museu dos Náufragos abriga coleções de antropologia cultural, obras de arte e achados arqueológicos subaquáticos. O museu está localizado no coração da vila de Sal Rei, entre as suas casas típicas. Invulgar na sua estrutura, o edifício é inteiramente construído em pedra calcária branca e rocha vulcânica e equipado com materiais encontrados na ilha, com particular atenção à reciclagem de materiais.

A aventura começa com uma série de escadas que nos levarão à superfície, onde conheceremos a história de Cabo Verde e a sua cultura. Um caminho ascendente que representa a alma que explora o passado e o futuro.

A outro nível, estamos num ambiente onde podemos saborear produtos típicos locais e, além disso, uma apresentação de lendas e contos de fadas que contam a história antiga e o tempo passado nestas ilhas misteriosas, perdidas no Oceano Atlântico.

Finalmente, nos níveis mais altos, podemos apreciar belas obras de arte contemporânea de artistas locais e internacionais que continuam a narrar o profundo valor dessas belas terras com o uso de cores e a linguagem universal da arte.

HORÁRIO: Aberto todos os dias das 9h15 às 12h30. Encerra ao domingo e terça-feira.
ENTRADA: 7€

Museu destaque web
museu (14)
museu (10)

A exposição permanente aborda três temas principais através de várias abordagens: a história e cultura das ilhas de Cabo Verde, a linguagem universal da arte, o caminho de um “náufrago” para a segurança.

A história é contada do ponto de vista de um “náufrago” perdido no mar da vida; a metáfora do naufrágio remete à condição do homem que, como Jonas, Ulisses e Robinson Crusoé, embarca numa viagem em alto mar, longe de casa e do certo, em busca do conhecimento.

O museu cumpre a dupla tarefa de preservar a história, a cultura e a diversidade do passado e proporcionar um espaço para um debate aberto sobre o futuro e uma melhor compreensão do que significa ser humano além da mera etnia.

Porquê visitar o Museu dos Náufragos?

Conhecer um pouco da história de Cabo Verde num espaço de discussão e debate aberto e compreender melhor o que significa ser humano.