A bandeira de Cabo Verde

A Bandeira Nacional é constituída por cinco retângulos dispostos no sentido do comprimento e sobrepostos. Os retângulos superior e inferior são de cor azul, ocupando o superior uma superfície igual a metade da bandeira e o inferior um quarto. Separando os dois retângulos azuis, existem três faixas, cada uma com a superfície igual a um duodécimo da área da Bandeira. As faixas adjacentes aos retângulos azuis são de cor branca e a que fica entre estas é de cor vermelha. Sobre os cinco retângulos, dez estrelas amarelas de cinco pontas, com o vértice superior na posição dos noventa graus, definem um círculo cujo centro se situa na intersecção da mediana do segundo quarto vertical a contar da esquerda com a mediana do segundo quarto horizontal a contar do bordo inferior. A estrela mais próxima deste bordo está inscrita numa circunferência invisível cujo centro fica sobre a mediana da faixa azul inferior.

O azul predominante da bandeira simboliza o céu e o mar. As dez ilhas do arquipélago estão representadas por estrelas, dispostas em círculo, sinal de união. As faixas referem-se à construção do país, sendo o branco a paz que o povo quer e o vermelho o esforço do povo.

A bandeira anterior de Cabo Verde foi adotada pelo PAIGC durante a luta de independência. Após a mesma, tornou-se a bandeira oficial de Cabo Verde. Porém, quando em 1991 houve uma reforma constitucional para instaurar o multipartidarismo, foram criados novos símbolos nacionais, com o argumento que os antigos se identificavam demasiado com o PAIGC/PAICV, que esteve no poder até essa altura em regime de partido único, por forma a melhor retratar a natureza da reforma.

Na altura da mudança da bandeira e dos outros símbolos nacionais, muitos foram os que argumentaram que a mudança se tratava puramente de uma forma de afirmação do partido que ganhara as primeiras eleições multipartidárias, o MpD. Outros argumentos se prenderam com o facto de a bandeira denotar um certo antiafricanismo ao retirar o protagonismo das cores típicas das bandeiras africanas (vermelho, verde e amarelo) e assumir um visual bastante semelhante à bandeira da União Europeia. Um fator a considerar é que os cabo-verdianos apegaram-se rapidamente aos símbolos que significaram a sua independência, pelo que a troca teve um impacto considerável nos que viveram a época da libertação colonial.

1975-1992

old flag cabo verde

1992 ->

new flag cabo verde

Reset password

Enter your email address and we will send you a link to change your password.

Get started with your account

to save your favourite homes and more

Sign up with email

Get started with your account

to save your favourite homes and more

By clicking the «SIGN UP» button you agree to the Terms of Use and Privacy Policy
Powered by Estatik
Boavista Official

GRÁTIS
BAIXAR