Primeiro Ministro visita ilha da Boavista

O primeiro-ministro Ulisses Correia disse que a sua visita a Boa Vista visa reforçar a parceria com o município, como aconteceu em outros municípios. Tudo para que possam trabalhar juntos nos grandes desafios da ilha, destacando a segurança e reabilitação das favelas de Boa Esperança.

“O primeiro desafio é resolver os problemas da área do barraco, com habitação e saneamento de qualidade e, em segundo lugar, transformar Sal-Rei numa cidade turística, promovendo o redesenvolvimento urbano e melhorando a sua orla, para que tenha força suficiente para fazer investimentos e permitir que os turistas saiam dos hotéis e, finalmente, melhorar o nível de segurança na ilha ”, propõe Ulisses Correia e Silva, enfatizando que somente assim Boa Vista terá um turismo inclusivo.

Em relação à segurança, o chefe de governo ressaltou a importância da segurança no trabalho, tanto internamente quanto em termos de destinos turísticos, tanto em termos de cumprimento das portarias municipais. A este respeito, acrescentou o primeiro-ministro, o município tem um papel importante para que os cidadãos respeitem as regras, em particular a ocupação de vias públicas, as regras de organização do comércio, a indústria da construção civil, os horários dos estabelecimentos noturnos, o emissão de bebidas alcoólicas não regulamentadas, entre outras regras, que devem ser reguladas de forma a criar um ambiente compatível com o que se pensa para o desenvolvimento da ilha.

Finalmente, o primeiro-ministro informou que, além dessas prioridades, o governo fará outros investimentos, especialmente nos setores de água e energia, proporcionando à ilha a capacidade de distribuição capaz de acompanhar a dinâmica de crescimento do turismo e, em de saúde, fornecendo respostas à população local e respondendo às demandas que o turismo impõe.

Fonte: A SEMANA